LINGUÍSTICA DE CORPUS: PRODUÇÃO DE ATIVIDADES PEDAGÓGICAS COM BASE NA MUSICOGRAFIA DOS BEATLES


Maria Claudia Nunes Delfino
Faculdade de Tecnologia de Praia Grande

Palavras-Chave: Linguística de Corpus. Atividades Didáticas. Itens Lexicais. Música



RESUMO

O trabalho teve como objetivo principal utilizar uma abordagem baseada em Linguística de Corpus na produção de atividades didáticas baseadas em letras de música, a fim de estimular a construção do conhecimento do aprendiz de inglês como língua estrangeira. Para tanto, utilizou-se um corpus composto por letras de músicas da banda Beatles. A frequência lexical desse corpus foi contrastada à frequência lexical de outras variedades de manifestação da língua inglesa. Sendo assim, o trabalho encontrou suporte teórico na Linguística de Corpus, adotando as principais noções apresentadas Berber Sardinha (2004), Halliday (1993) e Sinclair (1991). Ao tratar-se de concordâncias para ensino, considerou-se, mais especificamente, os trabalhos de Berber Sardinha (2011), Bertóli-Dutra (2002, 2010) e Dantas (2012). Para o desenvolvimento desta pesquisa coletou-se um corpus de estudo com 34.000 palavras presentes em 202 canções da banda Beatles em inglês. As ocorrências lexicais mais frequentes desse corpus foram contrastadas às ocorrências mais frequentes da versão on-line do BNC. Dentre os itens lexicais encontrados, recorrentes nos dois corpora, selecionaram-se dois: for e to, para o preparo de atividades que despertassem a capacidade investigativa do aluno, visando a resgatar o lugar da música como auxiliar de ensino em sala de aula de uma maneira alternativa, com o uso de concordâncias. Uma vez tratadas como corpus, as letras de música trazem principalmente, usos típicos da língua.



Publicado
10/2016


Como citar
DELFINO, M. C. N. Linguística de corpus: produção de atividades pedagógicas com base na musicografia dos beatles. Revista Processando o Saber. v. 01, n. 08, p. 81-99, 01 out. 2016.


Edição
Ano 08 -  n. 08 (2016) 
Revista Processando o Saber
ISSN 2179-5150 - versão on-line




Os direitos autorais dos artigos publicados pertencem à revista Processando o Saber. É permitida a reprodução parcial ou integral dos artigos em outros meios de divulgação, com a condição da completa citação da fonte e respectiva referência. Os artigos assinados expressam unicamente a opinião de seus autores. A submissão dos artigos à Revista Processando o Saber pressupõe o conhecimento dos termos aqui explicitados e condiciona a aceitação de suas condições.