OBJETOS INDIRETOS SEM A PRESENÇA DO CLÍTICO DATIVO -  NA LÍNGUA ESPANHOLA


Açucena Ortega Rabadán
Faculdade de Tecnologia de Praia Grande

Palavras-Chave: Língua Espanhola. Gramática. Sintaxe. Pronomes. Dativos.



RESUMO

Através dos corpora de produção oral formados por diálogos entre entrevistador e informantes com diferentes níveis de instrução, de 20 a 65 anos de idade, e de ambos os sexos, do espanhol falado em Montevidéu, Madri e Alcalá de Henares, que foram extraídos dos projetos: “Aspectos sincronicos y diacronicos del español del Uruguay”; “La Norma Lingüística Culta De La Lengua Española Hablada En Madrid”e “Dialectos en contacto. Análisis Sociolinguístico de Álcalá de Henares”, procurou-se mostrar as ocorrências de objeto indireto representado pela preposição a mais o sintagma nominal [a + SN] sem a presença do clítico dativo. A partir desse tipo de ocorrência um estudo sobre os traços semânticos do sintagma preposicional, [± Definido], [± Específico], [± Genérico], foi iniciado para tentar determinar os fatores que levam um falante de espanhol a usar [a + SN] sem o clítico (como por exemplo: le, les), para a expressão do dativo. Essa análise definiu que os caminhos que levavam o falante nativo a decidir-se por uma ou outra forma de representar o objeto indireto no sintagma, ou seja, de representar o objeto indireto por [a + SN] (Mariana entregó el regalo a su amiga Claudia), ou pelo clítico mais a preposição a e o substantivo (Mariana le entregó el regalo a su amiga Claudia), estavam relacionados às características do sintagma, características essas de ordem semântica, isto é, determinadas pelos traços do sintagma nominal. Os resultados sugerem que, mais do que uma variação livre, traços no sintagma [+ Genérico] determinam o uso de uma ou outra forma.




Publicado
10/2016


Como citar
RABADÁN, A. O. Objetos indiretos sem a presença do clítico dativo - na língua espanhola. Revista Processando o Saber. v. 01, n. 08, p. 30-42, 01 out. 2016.


Edição
Ano 08 -  n. 08 (2016) 
Revista Processando o Saber
ISSN 2179-5150 - versão on-line




Os direitos autorais dos artigos publicados pertencem à revista Processando o Saber. É permitida a reprodução parcial ou integral dos artigos em outros meios de divulgação, com a condição da completa citação da fonte e respectiva referência. Os artigos assinados expressam unicamente a opinião de seus autores. A submissão dos artigos à Revista Processando o Saber pressupõe o conhecimento dos termos aqui explicitados e condiciona a aceitação de suas condições.